Prefeito de Missão Velha confirma estar com Covid-19 após fazer exame em laboratório de outra cidade



O prefeito da cidade de Missão Velha, Diego Feitosa, divulgou em suas redes sociais na tarde do último sábado, 16, um vídeo onde confirma ter testado positivo para COVID-19.

No vídeo, com duração de 7 minutos, Diego afirma que mesmo sem ter nenhum sintoma da doença, resolveu fazer um teste rápido, juntamente com sua esposa, em um laboratório da cidade de Juazeiro do Norte, que confirmou que ele está com a doença provocada pelo novo coronavírus.

Imediatamente após a divulgação, a notícia se tornou o assunto mais comentado nos grupos e redes sociais das pessoas da cidade, sempre acompanhado de críticas da maior parte dos participantes dos grupos e internautas, que apontaram como imoralidade o prefeito ter gasto mais de R$ 700 reais em testes particulares, pagos com dinheiro público, já que ele tem como única renda o salário que recebe da prefeitura, enquanto o cidadão comum não consegue acesso sequer a medidas de proteção simples para se prevenir.

No facebook, uma moradora de Missão Velha comentou que enquanto a cidade se encontra completamente abandonada e nenhuma medida efetiva foi tomada até o momento para proteger os moradores, o prefeito se permite viajar para Juazeiro para fazer exames importados em uma clínica de luxo exclusivamente para ele e a primeira-dama.

Em um grupo do whatsapp com servidores públicos, um funcionário da Secretaria de Saúde comentou que não sabe como ele foi contaminado, já que não tem participado de nenhuma atividade de prevenção ou enfrentamento da pandemia na cidade, até porque não há nenhuma ação nesse sentido e o que há são profissionais da Saúde trabalhando sem nenhuma estrutura e sem nenhum apoio, pois nem os equipamentos de proteção individual (EPIs) mais básicos, como máscaras e viseiras, estão sendo fornecidos aos trabalhadores da área.

No instagram, algumas pessoas começaram a fazer postagens com a hashtag #DiegoPagaMeuExame, sugerindo que o prefeito patrocine a realização de mais exames em Juazeiro para as pessoas que apresentem sintomas típicos da COVID-19.

A divulgação pelo prefeito Diego Feitosa de que está infectado também foi vista por algumas pessoas como uma tentativa de tentar mudar o foco do debate a respeito das ações da prefeitura de Missão Velha ao longo das últimas semanas, quando a população se viu completamente desassistida pelo poder público municipal não apenas nas questões de Saúde, mas também em outras áreas, como Educação, onde os alunos da rede municipal não tiveram nenhuma solução da Secretaria em relação a medidas que evitem a perda do ano letivo, bem como em relação à distribuição dos alimentos que seriam destinados à merenda para as suas famílias.

Em uma live realizada na sexta-feira, com a participação dos vereadores Eduardo Honorato e Rafael Moreira e do Vice-Prefeito Dr. Lorim, os debatedores já haviam comentado que se não fosse o trabalho permanente da oposição ao governo de Diego, apontando falhas e sugerindo soluções para os problemas enfrentados pela população, a cidade poderia estar em situação ainda pior e que o pouco que foi feito só aconteceu porque os vereadores de oposição, comandados pelo atual vice-prefeito, Dr. Lorim, têm feito um trabalho permanente de fiscalização, identificando os vazios assistenciais da administração e apontando ações para resolver os problemas causados pela falta de atenção por parte da prefeitura.

Em resposta ao nosso pedido para comentar o fato, o vice-prefeito de Missão Velha, Dr. Lorim, se solidarizou com o prefeito Diego Feitosa e desejou que ele continue tendo um quadro assintomático da doença, mas lamentou que ele seja um dos poucos missãovelhenses que têm condições neste momento de se deslocar para outra cidade para fazer um exame caro, quando esse exame deveria estar disponível na cidade e ser oferecido gratuitamente para as pessoas com suspeita de COVID-19.

Dr. Lorim também estranhou o fato do exame do atual prefeito ter sido feito mesmo sem que ele apresentasse nenhum sintoma, que é uma situação atípica no momento atual e, inclusive, foge completamente dos protocolos indicados pela OMS, Ministério e Secretarias de Saúde, já que existe uma carência no número de testes e estes devem ser priorizados para pessoas que realmente precisem.

A cidade de Missão Velha conta com 39 casos notificados e 10 casos confirmados, segundo o último boletim, divulgado no último sábado, quando houve o aumento de um caso, provavelmente o do próprio prefeito.

Fonte: Assessoria de Imprensa

77 visualizações0 comentário