top of page

Vila Carmela apresenta a exposição Destinos Iluminados - Encontros na Romaria de Nossa Senhora das Candeias.


Em parceria com a artista juazeirense, Maria Eduarda, o Vila Carmela apresenta nesta quinta-feira (1) e sexta-feira (2), a exposição fotografia, "Destinos Iluminados - Encontros na Romaria de Nossa Senhora das Candeias" com registros inéditos de uma das festividades mais significativas de Juazeiro do Norte. A exposição celebra a fé, a tradição e os encontros alumiados na Romaria de Nossa Senhora das Candeias.


Considerada um importante point gastronômico de Juazeiro do Norte, a ação cultural promovida pela Vila Carmela reforça o perfil que o empreendimento oferece aos seus clientes, que terão a oportunidade de apreciar registros marcantes da Romaria de Nossa Senhora das Candeias.


Com raízes nordestinas, a artista, Maria Eduarda, natural de Juazeiro do Norte- CE, ressalta que a exposição, "Destinos Iluminados" busca capturar momentos especiais, compartilhando a beleza, a devoção e as tradições que tornam a Romaria de Nossa Senhora das Candeias um testemunho de fé. “Nasci em uma terra rica de cultura, tradição, fé e religiosidade, esses símbolos me inspiram. A partir deles construo minha fotografia. Busco representar e expressar por meio das fotos minha visão e admiração pelo que me cerca. Espero que a beleza e o impacto desses registros sejam tão profundos quanto o significado que eles carregam”. disse Eduarda.


“A Luz que mais alumeia”


A Romaria de Nossa Senhora das Candeias é um verdadeiro espetáculo de fé, trazendo consigo a maior procissão da região do Cariri e sendo considerada a mais antiga da cidade. Candeias torna-se um destino feliz que atrai uma multidão de romeiros vindos de várias partes do país.


Pelas ruas do Centro, eles seguem em direção à Basílica de Nossa Senhora das Dores, carregando consigo velas e lamparinas, que iluminam o caminho e simbolizam a devoção que os move.


História da Romaria


A "procissão das luzes", marcando o encerramento da festividade, é um testemunho da visão visionária do Padre Cícero Romão Batista. Em seu ministério pastoral, ele teve a inspiradora ideia de, durante a celebração da Apresentação do Senhor, realizar uma procissão iluminada com candeeiros. Esses objetos, confeccionados por artesãos da época, serviam como fontes de luz, preenchendo as ruas numa época em que a eletricidade ainda não fazia parte do cotidiano.



6 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page