top of page

Um dos nomes cotados pelo PT do Ceará para a eleição de 2024 em Fortaleza, a deputada Larissa Gaspar


Um dos nomes cotados pelo PT do Ceará para a eleição de 2024 em Fortaleza, a deputada estadual Larissa Gaspar disse nesta segunda-feira, 3, “lamentar” recentes ataques do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) para lideranças do PT no Ceará.


Ela destaca que o pedetista teria “se perdido” ao ódio e à inveja após derrotas eleitorais para o PT. “Eu lamento muito, porque entendo que é uma figura inteligente, capacitada e que pensa no bem estar do povo. Quis construir um projeto de nação”, disse, em entrevista ao Jogo Político, podcast do O POVO.


“Mas acho que ele se perdeu nesse ódio que ele alimenta, nessa inveja, e passou a fazer esse tipo de ataque moral contra os adversários. Passou a personificar, pessoalizar as questões, quando a política não é para isso, é para debater projetos, programas e ações, e não para ficar atacando fulano, sicrano e beltrano”, continua a petista.


Em entrevista recente ao Sistema Verdes Mares, Ciro Gomes fez uma série de ataques e acusações contra lideranças petistas do Ceará, chegando a afirmar que o senador licenciado e ministro da Educação, Camilo Santana (PT), teria atuado para pressionar desembargadores do Ceará pela suspensão da Taxa do Lixo da gestão José Sarto (PDT).


Larissa debate as acusações: “A política tem que se voltar não para as pessoas, mas para os fatos. E o Ciro me parece que perdeu um pouco isso. Ele tem essa capacidade de armazenar conteúdos, de fazer uma análise conjuntural, mas parece que falta uma inteligência emocional ali para manter o respeito, inclusive com adversários”, conclui.

127 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page