O Crato perde hoje um dos mais expressivos poetas em decorrência do Covid-19. A poesia está de Luto



A região do Cariri hoje fica mais triste com o falecimento do cordelista e poeta, Luciano Carneiro.


Luciano Carneiro, chegou ao Crato aos 16 anos e nessa cidade disseminou sua arte, no qual começou a ser divulgada no programa Coisas do meu sertão, do poeta e radialista Elói Teles. Durante sua trajetória foi um dos membros fundadores da Academia dos Cordelistas do Crato,  Luciano também foi reconhecido como Mestre da Cultura Popular pela Secretaria de Cultura do Ceará.


Foi a 11a. Capa da Revista no qual eu era responsável. Um homem simples, mais de um história linda, rica e cheia de poesia. Sempre com um sorriso largo e um cafezinho quente me recebia como uma rainha em sua casa. Meus sinceros sentimentos a toda família.

193 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo