HMSVP recebe certificação da Anvisa a hospitais do Estado por boas práticas de segurança do paciente



A Coordenadora Geral do Serviço de Enfermagem do Hospital Maternidade São Vicente de Paulo, Edjane Leite, recebeu o Certificado da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) que realizou, nesta terça-feira (13), a entrega dos certificados a hospitais cearenses que participaram da Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente – 2020, sob coordenação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em parceria com o Núcleo de Segurança do Paciente da Vigilância Sanitária do Ceará. O evento foi realizado na Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), a partir das 14h, com transmissão ao vivo pelo canal da Sesa no YouTube.


Estiverão presentes na solenidade o titular da pasta, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto); a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa, Magda Almeida; e a presidente da Autoridade Reguladora da Qualidade dos Serviços de Saúde (ARQS), Diana Carmen Almeida.


A Anvisa divulgou um relatório no qual apontou os critérios de segurança do paciente avaliados e a lista por estado dos serviços de saúde com alta conformidade. Entre os critérios analisados estão a instituição de um plano de segurança do paciente com protocolos de prevenção de infecções, de cirurgia segura e segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos.


O Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, e o Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), em Quixeramobim, ambos da Rede Sesa, foram os únicos hospitais estaduais certificados pela Anvisa por alcançarem 100% de conformidade aos indicadores de práticas de segurança do paciente. No Ceará, também alcançaram alto índice de conformidade os hospitais gerais Dr. César Cals (95,2%), Dr. Waldemar Alcântara e de Fortaleza (ambos com 90,5%); além do Hospital Maternidade São Vicente de Paulo com (87,5%) em Barbalha e do Hospital Regional do Cariri (85,7%), em Juazeiro do Norte.


*Metodologia*


A metodologia é de autoavaliação das práticas de segurança do paciente em serviços de saúde em hospitais com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O processo leva em consideração as metas do Programa Brasileiro de Segurança do Paciente. Após responder a um questionário, os hospitais têm os dados analisados e confirmados por meio de documentação.


*Serviço*

Entrega do certificado de participação na Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente

Quando: terça-feira (13), a partir das 14h

Acesse o canal da Sesa no YouTube


Fonte: Assessoria de Imprensa

191 visualizações0 comentário