Em live, vice-prefeito de Missão Velha debate a situação dos crediaristas em meio à pandemia.


Preocupado com o avanço nos casos do novo coronavirus, o vice-prefeito de Missão Velha, Dr. Lorim, vem realizando lives com diversos profissionais, tanto da área da saúde como na área de assistencialismo, esclarecendo a população sobre os cuidados que o momento requer.

Na tarde dessa sexta-feira (29), o médico entrevistou o crediarista Vagner Lima, que falou das dificuldades de se manter no mercado e do preconceito que a classe vem sentindo por exercer suas atividades circulando por outros Estados.

Missão Velha é conhecida pela atividade dos crediaristas, que impulsiona a economia da cidade, com a criação de fábricas, gerando emprego e renda para o município.

Questionado sobre as ações que o poder público adotou diante dessa pandemia, Vagner destacou que esperava mais atenção por parte da gestão municipal, principalmente quanto a realização dos testes rápidos, que só foi possível fazer de forma particular, graças ao apoio dos donos de crediários. “Contamos com o apoio dos donos de crediários, que no primeiro momento atendeu e acolheu os crediaristas, viabilizando os testes particulares para detectar, o quanto antes, qualquer possibilidade de contágio, além de providenciar uma chácara para abrigar essas pessoas, numa atitude humana. Infelizmente, não tivemos essa atenção da gestão municipal”, explicou Vagner.

Na oportunidade, Dr. Lorim sugeriu que a classe se unisse na criação de uma associação para fortalecer a entidade e enfrentar situações como essas. “Acredito na união dos crediaristas, através de uma associação ou cooperativa, por ser uma importante classe geradora de renda do município”, diz o vice prefeito.

O proprietário de um crediário, Armstrong Silva, também participou da live e destaca que o município conta com mais de 200 crediaristas atendendo nesse mercado. Ele pede que o gestor municipal olhe com bons olhos para essa classe de trabalhadores. “Praticamente esse será um ano perdido para o comércio e esse auxílio emergencial está sendo fundamental para superar essas dificuldades. É um momento de se reinventar”, pontuou Armstrong.

Dr. Lorim ressaltou, ainda, que a gestão municipal vem realizando ações muito tímidas, que não se justifica diante dos montantes em recursos que o município vem recebendo para atender a população nesse momento de pandemia.

Fonte: Assessoria de Imprensa

70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo