Candidato do prefeito Diego Fitosa não é diplomado e TSE deve convocar nova eleição em Missão Velha



Terminou, nesta sexta-feira (18), o prazo para diplomação dos candidatos a prefeitos e vereadores para assumirem seus mandatos em 1º de janeiro de 2021. O município de Missão Velha não teve o prefeito e vice diplomados, devido o candidato eleito, Washington Fechine, persistir em sua candidatura mesmo sendo inelegível.


Dr. Washington Fechine é o candidato do atual prefeito, Diego Feitosa, e insistiu em manter sua candidatura, desrespeitando a condição de candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sendo condenado por ato doloso de improbidade administrativa, traindo a confiança do eleitorado missaovelhense.


O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu, nesta sexta-feira (18), o registro de candidatura de Dr. Washington Fechine e determinou a realização de uma nova eleição.


O novo pleito para o cargo de prefeito deve ser marcado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em 2021. No dia 1º de janeiro de 2021, assume a prefeitura de Missão Velha o vereador eleito para presidente da Câmara até a realização da nova eleição.


O candidato Dr. Lorim reconhece que o crime cometido pelo seu adversário foi muito grave e que sempre acreditou que a justiça não iria conceder liminar favorável, tanto que todos os pedidos foram negados. “Estamos prontos para mais uma eleição, ainda mais conscientes de nossos propósitos. Isso só mostra o quanto a população foi enganada e que a gente sempre esteve com a verdade”, explica Dr. Lorim.


A população já manifesta sua decepção com o candidato indeferido e grande parte de seus eleitores já declaram seu voto de repúdio afirmando apoio ao candidato Dr. Lorim, que manteve uma campanha limpa e coerente com suas propostas de governo.


Resta saber quem irá formar a chapa que irá disputar com Dr. Lorim.

Fonte: Assessoria de Imprensa

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo